Estudo de Inverno – Parte 4

 

O frio toma conta, limpa, renova, purifica a terra. E aqui no Planeta Terra, nós limpamos traços negativos, renovamos nossos pensamentos, e nos purificamos o suficiente para recebermos inspirações para o nosso futuro, que está sendo guardado nesse período de recolhimento. E um ciclo termina para recomeçar o próximo com mais foco na jornada da alma.

Solstício de Inverno é a estação da Direção Sul, o Portal das Estrelas.

A Estrela representa a guia de esperança e fé. Simboliza as forças condutoras. Os marinheiros utilizam-nas para encontrar o rumo. Os astrólogos sabem que as estrelas estão intimamente ligadas ao destino da humanidade.

As estrelas ligam cada momento individual ao tempo transcendental. Estão ligadas à imortalidade. São os olhos do Céu.

Foi a estrela de Belém que conduziu os Reis do Oriente à manjedoura onde estava Jesus.

Em alguns contos nativos diz-se que o Grande Espírito, ao sentir o Universo muito escuro, pegou um cristal e o despedaçou criando assim as estrelas.

Algumas Tribos acreditam que as estrelas são locais de entidades, que tem um especial relacionamento com a alma humana.

As estrelas são estudas para a confecção de amuletos, pontos riscados, altares. Na forma de cinco pontas (associada à Davi), e seis pontas (associada à Salomão).

É a visão mística da Consciência Cósmica, é a visão de que a Terra é matéria de uma estrela que explodiu.

Se você sonha (confirme isso Olga…) que está olhando para o Céu noturno cheio de estrelas, é porque está caminhando em equilíbrio e espere felicidade. Tenha esperança.

Desenvolver a visão das estrelas significa olhar sem limitações de tempo e espaço. É uma maneira para treinar clarividência, poderes oraculares, é ampliar sua intuição e aprender com a sabedoria cósmica.

Na cosmologia de muitos sacerdotes da Medicina Tradicional, as estrelas movem-se em torno do céu impelidas por seu próprio poder. Acreditam que as grandes estrelas, são designadas pelo Grande Mistério como guardiãs das menores. Grupos de estrelas pensam ser cidades, constelações são consideradas a reunião de conselho dos Seres Espíritos.

Muitas tribos acreditam que nas estrelas habitam entidades espirituais que têm um relacionamento pessoal com as almas humanas. Hierógrifos dos antigos egípcios e inscrições dos índios americanos indicam a crença de que nas estrelas, moram Seres Espíritos que exercem grande influência nas vidas daqueles que caminham na Mãe Terra.

Algumas tribos como os Chippewa sustentam que seres estrelas visitam vilarejos de tempos em tempos e tornam-se esposas e maridos humanos. Caçadores chegam através de círculos peculiares, deixando marcas nas pradarias e florestas.

De acordo com velhas lendas, guerreiros podem ter feito amor com essas filhas das estrelas, gerando filhos das estrelas, mas não podem ser sequestrados de suas tribos.

Sonhar um céu cheio de estrelas é recebido como um símbolo de guiança para certos problemas que tem nos preocupado na vida e que irão desaparecer. Sonhar que vemos a nós mesmos olhando para a noite, num cenário cheio de estrelas, significa que estamos caminhando em equilíbrio e podemos esperar alegrias. Se no sonho, as estrelas subitamente perdem o brilho e escurecem, fique atento e não confidencie seus negócios/planos para os outros.

 

Desenvolvendo a Visão das Estrelas

 

No clarão da noite, olhe para o céu, veja as estrelas.

Deixe que sua imaginação forme desenhos no céu com as estrelas.

Olhando fixamente para as estrelas você terá a impressão de que elas brilham somente para você. Medite na luz e sinta o brilho das estrelas entrar através de seus olhos. Então feche os olhos e respire profundamente.

Sinta a luz das estrelas te preencher. Uma inundação de luz. Sinta a luz das estrelas saindo de dentro do seu coração e envolvendo a Terra.

Sinta sua consciência se expandindo com a luz.

Agora sinta a luz expandindo-se para cima cobrindo este sistema solar, então a galáxia, então o Universo e sinta sua consciência se expandindo junto com a luz das estrelas.

A visão das estrelas nos ensina que somente existem os limites que impomos à nós mesmos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *