Outono – Corpo Físico

Meadows relata que a ênfase do Oeste é nas coisas sólidas e físicas. Nosso corpo físico é quem nos “segura” como parte da Terra. Cada um de nós é o centro do seu próprio Universo dentro da aura humana, e assim podemos experienciar o reino da matéria.

O corpo físico humano é uma peça de um equipamento complexo e altamente sofisticado. Nós crescemos de uma pequena célula do tamanho de um ponto de alfinete. Aquela célula era como um microchip miniaturizado, tão minúsculo que é invisível para o olho humano. Ainda contém um programa, um código genético, com a imagem do que você deve se tornar. Este programa, esta imagem, foi objetivada até a forma física com corpo, cabeça, pernas, braços, efeitos faciais, órgãos vitais, etc; cujo desenvolvimento, está de acordo com as leis cósmicas e naturais.

O código genético é um sistema de transmissão de informações entre células e inclui interiormente uma estrutura matemática. A Roda Medicinal cuja  Teia da Terra é baseada, é também estruturada com esse caminho harmônico. Assim como o oriental I Ching, como o Círculo Ancestral da Vida e Poder.

Nesse código genético estão as instruções do bio-computador orgânico que é o nosso cérebro, cujos componentes podem ser carregados juntos e contém interiormente uma cobertura protetora, que é o crânio. O crânio é uma oitava de oito ossos. Ele era reverenciado como símbolo pelos ancestrais. Somente com a civilização, que o representou como um objeto sinistro. O Universo é mente. O crânio é o que contém o cérebro, que é um computador que dirige a mente e pode ser considerado o microcosmo para representar a mente da Fonte ” O Grande Espírito”. Quem põe o código genético para fazer prodígios, assim como um maravilhoso veículo físico para você? A inteligência!

As coisas não acontecem simplesmente. Não há acidentes. Existe uma inteligência por detrás, e você pode dar o nome que quiser à essa inteligência. Desde que a inteligência é presente, há uma mente, que é o alicerce da inteligência. Pode você acreditar que seu nascimento foi apenas um acidente?

Nossas células são como microchips – um pequenino circuito eletrônico que tem a capacidade de memorizar, processar e circular informações – um inteiro, fantástico universo de informações todas contidas num simples código. O corpo físico é mais do que um veículo de expressão. Ele não é você somente a seu serviço. É um meio de transportá-lo e o capacita para funcionar na Terra, dentro do reino físico da existência. Nunca desvalorize o seu corpo físico.

O Outono vai se firmando, criando uma tensão. Ao sair do verão, o tempo flutua diariamente às vezes com o morno e como as chuvas do frio do inverno. A natureza faz a passagem da estação do crescimento e da produtividade para a estação da colheita e do ajuste. Onde o urso nos ensina o valor de sonhar, de entrar na introspecção, e como usar isso para a manifestação na realidade física.

Do simbolismo da Roda Medicinal e do significado espiritual da 4 direções, é tempo para comemorar a paz, e preparar-se para um futuro que não envolva a violência, o racismo, a opressão. É o momento de rezar, de deleitar, de refletir, de agradecer e de colher. Um momento para honrar aqueles que já foram antes de nós, nossos antepassados. De agradecer nossos parentes para examinar nossas próprias vidas. É também um momento de aceitar as coisas como são.

Na celebração da colheita é colocado um altar de frutas, vegetais coloridos, com velas. As velas queimarão durante toda a noite, agradecendo a tudo o que recebemos nessa estação. Procurar a orientação do Espírito do Outono para ajudar a ter maturidade. Rezamos para força e adaptabilidade, responsabilidade, ensino, liderança e o poder. Pedimos ajuda para encontrar nossa finalidade na vida e rezar para poder cumprir essa finalidade.

A época de Mudjekeewis, o Espírito Guardião do Outono contém um paradoxo: embora vivencie o seu ponto mais alto de força, torna-se também consciente das pequenas mortes que ocorrem à sua volta; embora sinta que pode conquistar o mundo, torna-se consciente de sua própria mortalidade e o seu verdadeiro significado.

A posição de Mudjekeewis é o lugar de se procurar, quando aspiramos a maturidade. Podemos aprender sobre força, poder, adaptabilidade, responsabilidade, liderança, introspecção. É a posição que realmente se preocupa com o bem estar dos outros. Ajuda a temperar a paixão e a acessar o conhecimento que se ganhou da vida. Aprendemos o equilíbrio entre olhar para dentro e agir para fora. O lugar para se ir quando sabemos quais são os verdadeiros propósitos de nossas vidas, mas precisamos de ajuda para realizá-los.

Mudjekeewis traz a cura em nível espiritual, cura para tudo o que consideramos sagrado. É nessa época que podemos ser mais eficientes como líderes espirituais e cerimoniais. É quando temos bastante experiência da vida para compartilhar, que podemos dar os mais verdadeiros ensinamentos. O poder de Mudjekeewis é o de servir: servir com força, coragem, graça e habilidade.

Para se encontrar consigo mesmo, meditar profundamente. Quando você necessita ser nutrido com maior energia física, quando você estiver aéreo e necessitar colocar os pés no chão. Para pedir por equilíbrio ecológico, alcançar sua metas pessoais, conseguir silêncio interior e saúde física, mudar de emprego ou trabalho, a Direção Oeste é o lugar para se sentar.

Evocação

” Espírito da Direção Oeste, local de introspecção e intuição. Portal da saúde e do Elemento Terra – Cure-nos “.

A lição maior de Mudjekeewis é a  responsabilidade por nós mesmos, pela Terra e por todas as Nossas Relações. É a época em que nos preparamos para devolver nossa colheita à Mãe Terra. Quando a maioria das sementes cai de volta à terra para recomeçar o ciclo de vida. É nessa época da vida que as pessoas que foram agraciadas com a visão, se conhecem o suficiente para compartilhar suas lições. Mudjekeewis traz as dádivas da maturidade, da experiência, da especialização.

Nesta época as pessoas descobrem quais são as suas verdadeiras habilidades e aptidões e ganham um conhecimento inabalável do que eles podem e não podem fazer na vida. É a época em que não se tem mais medo de dizer que algo é desconhecido para nós ou que está além de nossas capacidades. É época em que já estabelecemos firmemente nossos hábitos e padrões, quando finalmente nos conhecemos o suficiente para relaxar na vida. O Oeste é um tempo de força na vida humana, um tempo de equilíbrio.

Por Todas As Nossas Relações!