Sexualidade – Boa Energia

O Criador nos pôs na Terra, e o Criador sabe exatamente que tipo de seres nós somos. Ele deu-nos todos os anseios e sentimentos que experimentamos, inclusive aqueles felizes quando um homem e mulher chegam ficam juntos.

Quando você abraça outra pessoa e sente uma energia surgindo, você está sentindo o que o Criador o Criador pôs em você. Isso é o sumo e a parte divertida da vida. E é bom sentir e desfrutar a energia que flui entre duas pessoas. Transcrevo abaixo, relato de Sun Bear em Walk in Balance – Fireside :

“Eu sinto que a sexualidade é uma boa energia quando nós a vemos de uma maneira sagrada. Olhe a natureza ! Você vê um esquilo com culpa ?

Quando olha a natureza e toda a Criação a sua volta, você notará outros seres vivos fazendo o que é natural, e eles tem feito isso por milhares de anos.

A mesma energia que corre através de nós e nos excita, corre através de toda a vida. Essa é a razão de uma grama crescer alta e soltar pequenas sementes para que a vida possa continuar.

É o que inspira as águias para dançar no meio do ar e ser graciosa e selvagem, entrelaçando e girando, na perfeição…perfeição, intenção, tecendo sua dança, até o último momento, liberando sua garra para a subida, voando alto até o céu, livre e plena.
Olhe o milhos e veja suas espigas. Tudo isso é como a energia sexual, que é sagrada, linda e boa. Uma nova vida é uma nova colheita. O ciclo deve continuar e o círculo deve continuar a girar.

Quando os índio canadense senta no fogo com uma mulher, ele diz estar “dividindo o poder”. Ele está dividindo o poder com aquela mulher. Quando eles estão juntos sexualmente, ele chama “dividir o poder” também. Se um homem e uma mulher ficam juntos na hora certa do mês, mistura-se a energia masculina e feminina e poderão trazer uma nova vida.

Nova vida é também aquela mesma energia que sente quando “faz amor”. Se você aprender como usar essa energia, poderá ir além de seu corpo e elevar sua própria energia.

Se está sem energia e necessita recarregar, eu por exemplo, apenas saio de mim mesmo e passo minhas mãos sobre o meu corpo e apenas sinto minha energia masculina e a trago para dentro de mim. Então, eu tenho aquela energia e posso usá-la para transmitir cura para alguém. Eu ponho minhas mãos em alguém, e, ela, pode sentir a energia chegando de mim. Isso é a força da vida, a energia que está presente em toda Criação.

Mulher Fogo e do Homem Fogo

Sun Bear relata que entre algumas tribos, existe a figura da “Mulher Fogo e do Homem Fogo” :

“Quando um jovem chega na idade de interesse sexual, a velha Mulher Fogo pode chegar na vida dele. Ela pode ensiná-lo como fazer amor. Ela pode mostrar a ele como experimentar e trabalhar suas energias sexuais. Ele pode aprender como respeitar e trabalhar com esta força de vida. Nessas tribos existe também o “Homem Fogo”, que pode ensinar a jovem mulher que chega na idade de aprender essas coisas.

Quando ela está pronta, pode passar um ano ou mais com esse Homem Fogo. Ele pode ensiná-la sobre a força do amor sagrado e força da vida, e como trabalhar com ela. Somente pessoas muito respeitadas nessas tribos, tornam-se Homem e Mulher Fogo. Eles tem uma posição de grande e sagrada responsabilidade.

Sexualidade é muito importante em muitas culturas tribais. Na maioria das cerimônias dos povos nativo-americanos essa força viva é reconhecida como parte das cerimônia. Nós honramos, especialmente, a sexualidade durante de renovação da Terra e no retorno do Pai Sol.

Tradicionalmente, nós celebramos essa cerimônia como o Solstício de Inverno. Nessa hora, todos os fogos de nossa tenda são postos no momento de dormir. Quando de maneira tradicional, as chamas são reacesas. Gravetos no fogo representam o retorno do Pai Sol.

Assim começa o ano cerimonial do povo nativo. É a hora para honrar o “Fogo da Vida” e a chama que queima em cada um de nós. A renovação da Terra também representa o início da Nova Vida, simbolizado pelo aquecimento da Terra com a Luz do Pai Sol.

As tribos do sudeste fazem danças sagradas para honrar o tempo de renovação e a energia da força masculina e feminina.

Numa das danças um homem usa um longo pênis de madeira e dança em volta das mulheres (dançarinas) em reconhecimento a fertilidade.
Outros usam colares e gargantilhas de turquesa e prata, representando fertilidade, nova vida e energia sexual feminina.

Como animais, pessoas tem um ritmo natural. Alguns humanos são monogâmicos e outros não. Alguns escolhem ter filhos outros não.

Como você mantém sua sexualidade mostra como equilibra suas necessidades, que tipo de pessoa você é e o respeito que tem por aquele que escolhe ter relações. Os tempos estão desafiantes para aqueles humanos que tem variados parceiros sexuais, porém existem muitas formas de autoproteção, especialmente os preservativos. Geralmente indico preservativos para pessoas que não tem relações monogâmicas.
Eu penso que é importante expressar sensualidade, a expressão do seu amor, ser sexual. Como você se expressa é um ponto alto para o seu parceiro.

Qualquer coisa pode ser boa, desde que seus jogos sexuais sejam amparados por cuidados sexuais básicos. Eu deixo opções pessoais sobre as pessoas e não tento entrar em julgamentos ou colocar minhas limitações ou preferências para os outros. O que dois adultos fazem com o consentimento um do outro é entre eles”.