Viajando na Roda Medicinal

Ao viajarmos na roda, entramos em contato com o nosso Eu Profundo.

Possibilita ao viajante achar o próprio caminho de auto-conhecimento, permitindo às forças cósmicas naturais, harmonizarem-se dentro de nós mesmos, melhorando e atingindo satisfação em nossas vidas.

A Roda simboliza todos os ciclos da vida; é o Caminho Sagrado, nos religa com nossos ancestrais e com Todas as Nossas Relações. A Roda não representa apenas o Pequeno Universo Individual de nossa própria vida, mas, A Mente Universal, O grande Espírito, O Criador.

A cada posição que meditamos, há algo que nos identifica. Cada totem animal, vegetal e mineral, possuem talentos semelhantes.

O fato de você ler e meditar em cada posição da Roda, estará entrando num estado de consciência especial, recebendo chaves para melhor compreensão do Caminho Sagrado.

Estudar a Roda faz você localizar-se na vida, saber onde você está, para onde quer ir e de onde saiu.

Estudar as suas pedras é estudar o ciclo da vida, dos relacionamentos, das transformações.

Por exemplo: veja como os elementos criadores se fundem, se transformam, quando relacionam-se com os outros. Da da mesma forma é o relacionamento humano. Na roda você vai percebendo que por ter nascido sobre um determinado clã, isso lhe confere atributos e também desafios. Os Clãs Elementais representados por fogo-terra-água-ar, nos dão instrumentos para utilizar poderes e estabelecer uma profunda conexão tanto com o Universo como com nosso interior.

Cada etapa do caminho nos relembra das virtudes, dos valores, das atitudes espiritualmente corretas que devemos adotar para Caminhar nas Boas Estradas Vermelha e Azul, dos Rumos Físicos e Espirituais.

O viajante acha o próprio caminho de auto-conhecimento, permitindo às forças cósmicas naturais, harmonizarem-se dentro dele. É o mapa da mente e a carta da vida. É um círculo de geração de poder, debaixo do controle da mente.

Possibilita ao viajante achar o próprio caminho de auto-conhecimento, permitindo às forças cósmicas naturais, harmonizarem-se dentro de nós mesmos, melhorando e atingindo satisfação em nossas vidas.

A Roda Medicinal dos nativos norte-americanos serve para muitos usos, incluindo métodos de auto-conhecimento e auto-ajuda. A Medicina da Terra desenvolveu esses metodos e inicia explicando como a alma coloca a roupa do corpo físico em ordem para experimentar a matéria e como, conforme a posição ou ponto de percepção na Roda da Vida, ela conecta-se com as influências da Terra e forças que podem promover, através da experiência, seu desenvolvimento espiritual.

Esse sistema não se preocupa com o movimento dos céus e como podem afetar aquilo que acontecerá para nós no futuro, na Terra, mas como nossa conexão com a Terra pode ser usada para que nós possamos compreender o presente, que elabora o nosso futuro, e então assumir a responsabilidade por nossas próprias vidas, e então podermos ser mestres de nosso próprio destino. Os ensinamentos foram sempre transmitidos oralmente, seletivamente, nas tradições nativas e protegidos por xamãs.

Para o pensamento nativo o termo “medicina” significa mais do que um método para restaurar a saúde, ou para combater uma doença do corpo físico. Medicina para o nativo, significa “energia” – um poder vital ou força que é inerente à nossa própria natureza. Ela expressa o nosso próprio sistema de energia de vida. Roda Medicinal representa um círculo de geração de energia abaixo do controle da mente, que sustenta conhecimento desse poder.

Medicina é o que habilita o Poder Pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *